Pesquisar
Close this search box.

Notícias

Post: Ministério da Cidadania lança Fórum e mobiliza sociedade para prevenção e combate às drogas

Início
News
Post

Além de iniciativas práticas, um manifesto assinado no evento já está online para que a população participe

O Fórum Permanente de Mobilização Contra as Drogas lançado pelo Ministério da Cidadania nesta quarta-feira (12), em Brasília, fez um chamamento para que entidades e sociedade participem do trabalho de prevenção e do combate às drogas. Além do empenho do governo federal em investir em políticas públicas efetivas na defesa e assistência aos dependentes químicos e familiares, a mobilização alerta para os malefícios do uso de entorpecentes. O evento foi realizado na Associação Médica de Brasília (AMBr).

A proposta também quer conscientizar a população sobre temas centrais, refletindo a posição da população brasileira majoritariamente contrária às iniciativas de legalização das drogas, por exemplo. “O Fórum é uma forma de mobilização. Ele vai procurar divulgar os malefícios que a droga causa, vai fazer reuniões regionais em todo o Brasil e fazer uma ampla mobilização. Porque agora nós temos o lobby econômico que é poderoso, que mobiliza grandes setores de imprensa a favor da liberação das drogas, e que tem que ser enfrentado com a mobilização da sociedade. E esse Fórum é pra isso”, afirmou o ministro da Cidadania, Osmar Terra.

Entre os participantes, relatos de superação. O ator e cantor Rafael Ilha mencionou as dificuldades no enfrentamento ao uso das drogas. “Temos que dar nossas mãos, investir na prevenção. Eu batalhei 13 anos contra a dependência. Graças à força de vontade, eu venci essa guerra”, contou. “Obrigado pelo olhar atencioso e sério com que vocês estão olhando para a dependência química”, agradeceu, ao mencionar o que vem sendo feito pelo ministério.

Atletas consagrados também marcaram presença, como o velejador brasileiro, Lars Grael; o nadador paraolímpico, Daniel Dias; o lutador de MMA, Rodrigo Nogueira, o Minotauro; o treinador de futebol, René Simões, e o ex-jogador de basquetebol, Pipoka.

Na ocasião, o ministro Osmar Terra apresentou a cartilha produzida por meio da parceria com o Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd). O material será distribuído nas escolas de todo o país.

 

Manifesto

Uma carta aberta sobre o tema foi apresentada aos participantes. O manifesto traz diretrizes para o encaminhamento de algumas questões na prática – como a realização de seminários, encontros, eventos temáticos e ações contra as drogas no Brasil. Entidades, representantes da sociedade civil, pesquisadores, professores universitários, artistas e atletas que compareceram ao lançamento do Fórum assinaram o documento.

Segundo o secretário de Cuidados e Prevenção às Drogas do Ministério da Cidadania, Quirino Cordeiro Júnior, a ideia é que a população também participe. “O objetivo é que ele possa ser assinado por toda a população e outras entidades que não estão conosco hoje, no lançamento. A ideia é termos um manifesto firme, claro, pra que a gente possa construir uma sociedade protegida das drogas”, esclareceu o secretário.

O manifesto está online e pode ser acessado aqui.

Durante o evento ainda foi firmado um acordo de cooperação técnica com a Sociedade Internacional de Profissionais da Prevenção e Tratamento de Uso de Substâncias (ISSUP), uma organização global, sem fins lucrativos, não-governamental que, com base na ciência e pesquisa, promove abordagens baseadas em evidências para a prevenção e o tratamento do uso de substâncias. A ideia é do acordo é promover a realização de estudos, ações e fomento de estratégias na área.

Fonte: Assessoria de Comunicação – Ministério da Cidadania

×